Albombas apoia as V Jornadas dos Recursos Hídricos da APRH

APRHO Núcleo Regional do Sul da Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos, com o apoio da Albombas, está a organizar para o próximo dia 22 de Outubro de 2015 as V Jornadas dos Recursos Hídricos, que se realizam no Auditório da Direção Regional da Agricultura e Pescas do Algarve (DRAP-Algarve), em Faro.

O objetivo fulcral desta iniciativa é promover o debate sobre o Ciclo Urbano da Água, nas suas variadas vertentes, tentando comparar os diversos modos de gestão da água, pelas entidades gestoras em baixa, desde as entidades gestoras independentes às que importam água e entregam para tratamento a terceiros as suas águas residuais, a empresas municipalizadas, abordando a possível verticalização do sistema e a gestão de uma entidade em Alta.

Num período em que novos desafios são lançados para as entidades gestoras, com a reestruturação do setor das águas do ciclo urbano, nomeadamente nas entidades gestoras em Alta em que se sabe que existem disparidades regionais, onde 75% dos municípios portugueses apenas geram 27% dos proveitos e os prejuízos anuais são superiores a 160 Milhões de euros, com o somatório do setor em Alta ter tido, em 2013, um défice tarifário de 564 Milhões de euros e o aumento da dívida dos municípios atingiu para com as entidades em Alta uns incomportáveis 560 Milhões de euros.

O que fazer? Fazer que nada de mal ocorria/ocorre traria, no imediato, o colapso do setor. Desta forma, foi assumido pelo Governo dois planos de ação estratégicos: 1) fusões em Alta; 2) agregações verticais ou horizontais em baixa. Em Alta, de 19 entidades, passou-se à formação de 5 entidades gestoras. Benéfico? Para os consumidores, para o estado, para as próprias entidades? Estes serão alguns dos temas a que as V Jornadas dos Recursos Hídricos não poderão fugir.

APRHA organização pretende abordar a realidade das infraestruturas das águas residuais portuguesas em baixa, saber como estão e o caminho a seguir, apresentar novas metodologias de gestão e monotorização para entidades gestoras do Séc. XXI e debater a Politica da Água em Portugal. Outro dos pressupostos deste seminário passa por ajudar todos a perceber os objetivos do PENSAAR2020 e como aproveitar os fundos de coesão até 2017, cerca de 3.705M de euros, através do Portugal 2020 – POSEUR.

Deste modo, a organização e a Albombas convidam todos os interessados, profissionais e não profissionais do setor e investigadores, nas questões do Ciclo Urbano da Água a deslocarem-se no dia 22 de outubro de 2015 ao Auditório da Direção Regional da Agricultura e Pescas do Algarve (DRAP-Algarve), em Faro, de modo a debater proficuamente a realidade da gestão urbana da água em Portugal no presente e como a queremos no futuro.

Mais informações em: http://www.aprh.pt/5jrh/index.html


Parceiro Serviço Autorizado Grundfos

Scala2 Grundfos

Alpha2 Grundfos